Li Garone

No registro de nascimento consta Eliane mas os mais íntimos me chamam de Li. Vim ao mundo há 34 anos e sou do signo de Gêmeos. Nasci em Campinas/SP e hoje moro em Victoria BC (Canadá). Sou completamente apaixonada por fotografia, animais, internet, bonecas, esmaltes, decoração e tudo que seja relacionado a arte. Adoro música eletrônica, mas não abro mão de ouvir outros estilos musicais também. Só não sou muito chegada em pagode… Amo motociclismo <3! Adoro Fadas, Borboletas e Unicórnios. Odeio falsidade, inveja e mentira. Adoro as coisas simples da vida. Sonho com um mundo melhor e estou sempre tentando fazer o melhor a todos ...

Ops, I did it again! Um retorno após dois anos

Durante os últimos dois anos, estive ausente daqui, mas não aconteceu nada extraordinário. Ainda não obtive minha habilitação para dirigir, não compramos um carro novo, nem mudamos de apartamento. Explorar novos lugares também não fez parte da nossa rotina. Porém viramos residentes permanentes no Canadá e eu finalmente mudei de emprego! Residentes permanentes Foi no […]

Continuar lendo »

Três anos e quatro meses de Canadá

Tantas coisas aconteceram desde a postagem sobre o meu casamento que fica até dificil saber por onde começar esse post. Vou tentar resumir! Me casei em Junho de 2018, aos trinta anos e me mudei para o Canadá cinco meses depois! Foi quando a vida “virou o disco” e a música mudou completamente. Uma nova […]

Continuar lendo »

Quando a gente resolve ir embora para outro lugar

A gente perde o nascimento dos sobrinhos, a gente perde de ver a turma de amigos aumentando com a chegada dos filhos, não estamos presentes nos casamentos dos melhores amigos e morremos de catapora quando vemos todo mundo junto comendo brigadeiro nas festinhas dos filhos. Dói e muito não estar ao lado dos amigos quando […]

Continuar lendo »

Comemorando 18 Anos de Blog e Mudanças na Vida

Este mês, o meu blog completa 9 anos, sem contar os 9 anos anteriores. É incrível pensar em tudo o que aconteceu em minha vida durante esse período, e como muitas destas memórias foram registradas na web graças a este blog. É gratificante saber que ele foi fundamental para moldar meu caminho ao longo dos […]

Continuar lendo »

Aos 30, casei!

Eu me ausentei completamente do blog, eu sei, perdoem-me! Por conta do combo “faculdade + trabalho” estava bem dificil conciliar tudo, e no meio do ano passado, as coisas pioraram um pouco por aqui… tive a adição de um namorado na fila de coisas a cuidar <3 Isso dificultou muito para que eu conseguisse ter […]

Continuar lendo »

Descanse em paz, minha menina!

A Chelsea (uma American Pitbull Terrier, com apelido Pit para todo mundo) veio para a família em 2005 através do meu irmão que decidiu comprá-la. Quem me conhece sabe que não sou fã de comprar animais, mas na época a família inteira se apaixonou por ela bebezinha e foi algo completamente irresistível, até meu pai […]

Continuar lendo »

BlytheCon Brasil – Rio de Janeiro

Desde 2010, acho que nunca deixei o blog tanto tempo parado. Acredito que o fato de trabalhar no computador (internet) o dia inteiro desde 2007, me fez ter vontade de largar um pouquinho do blog e tentar ficar um pouquinho mais offline. Só não larguei o facebook e instagram… #fail – Mas eu precisava voltar aqui e […]

Continuar lendo »

2016 foi o ano em que …

Um resumo de 2016, um ano em que eu: Mudei de cor de cabelo várias vezes Cortei o cabelo curto pela primeira vez na vida (e amei!) Foquei na faculdade e acho que me sai bem melhor que ano passado Conheci pessoas incríveis e fiz novas amizades Senti saudade dos velhos amigos (precisamos nos encontrar!) […]

Continuar lendo »

Beauty Fair 2016

Sim, eu sei que a Beauty Fair passou há alguns vários meses… mas com a correria da faculdade eu não tive como vir falar sobre a feira antes 🙁 Então vamos lá! A feira ocorreu nos dias 10, 11, 12 e 13 de Setembro de 2016. Fui apenas nos dias 10 e 11. Notei que […]

Continuar lendo »

Saindo do cabelo azul, para o cabelo vermelho

Na última publicação sobre meu cabelo, eu estava saindo do cabelo rosa para o azul. O azul acabou não sobrevivendo muito tempo… Era lindo sim, mas ao mesmo tempo me sentia tão triste e para baixo com ele, talvez porque seu tom era tão “frio” que não combinava com a minha personalidade. Cheguei a fazer um […]

Continuar lendo »