27/06/2018

A Chelsea (uma American Pitbull Terrier, com apelido Pit para todo mundo) veio para a família em 2005 através do meu irmão que decidiu comprá-la. Quem me conhece sabe que não sou fã de comprar animais, mas na época a família inteira se apaixonou por ela bebezinha e foi algo completamente irresistível, até meu pai que era completamente contra arrumar outro cachorro, caiu de amores por ela.

Nesse ano (2005), muitas pessoas ignorantes demonizavam os Pitbulls por acreditarem que eles eram assassinos e por esse motivo muitos foram abandonados e maltratados. Eu definitivamente não queria que ela caísse em mãos erradas.

Até hoje é a raça que mais amo e adoraria poder ter novamente, pois são extremamente amorosos com seus donos. Infelizmente ainda existem pessoas ignorantes que acreditam que essa raça deveria ser exterminada, como se fossem um demônio assassino, mas cá entre nós, qualquer animal criado em um ambiente com amor, carinho, brincadeiras e alimento vai ser um animal feliz e 99% das vezes não ataca seus donos sem motivo.

Foram quase 13 anos de convivência com a Chelsea, muito amor, muitas lambidas, chororos e latidos. Nunca atacou ninguém. Foi minha companheira nesse tempo todo e eu ainda pude ter a sorte de tê-la comigo em meu casamento (08 de Junho de 2018).

Agora ela é uma estrelinha e para sempre vai morar no meu coração.

Descanse em paz, minha menina!

14 de Agosto de 2005
27 de Junho de 2018

post feito por:

Comentários Fechados