04/09/2017

Desde 2010, acho que nunca deixei o blog tanto tempo parado. Acredito que o fato de trabalhar no computador (internet) o dia inteiro desde 2007, me fez ter vontade de largar um pouquinho do blog e tentar ficar um pouquinho mais offline. Só não larguei o facebook e instagram… #fail – Mas eu precisava voltar aqui e contar um pouco de como foi o BlytheCon Brasil esse ano <3

O BlytheCon…

É basicamente um evento de colecionadores de bonecas Blythes (essas, lançadas pela Kenner em 1972 – vídeo). Essa convenção existe há uns bons anos na Europa, mas no Brasil, começou em 2012, aqui em Campinas através de colecionadoras da região (um especial para a Flor, que foi quem teve a ideia de trazer esse evento internacional para o Brasil).

Eu cheguei a participar um pouco da comissão que organizava o evento logo no começo. E estou vendo agora que nem cheguei a falar sobre esse evento aqui no blog… tenho pouquissimos registros desse dia (aqui, aqui, aqui e aqui)

Depois de Campinas, o evento passou por Porto Alegre (eu fui!), São Paulo, Recife e Belo Horizonte nos anos seguintes… E esse ano, a nova sede foi no Rio de Janeiro e eu finalmente consegui ir! \o/

No Rio de Janeiro…

A comissão organizadora está de parabéns! Eu pude comprar um pacote fechado, com o ingresso para o evento, hostel e traslado nesses dias. Não precisei me preocupar com nada disso, e foi realmente maravilhoso!

Na sexta, tivemos um Welcome Friends, com uma parte dos colecionadores que conseguiram chegar antes no RJ. Eu ando bem ausente desse mundo “dollistico”… não estou podendo gastar com isso. Mas foi maravilhoso rever e conhecer tantas pessoas!

No sábado, logo pela manhã fui atrás da estátua do Carlos Drummond de Andrade que fica ali em Copacabana. Por ser um ponto turistico, está sempre com pessoas ao redor… Esperamos um pouquinho e tiramos algumas fotinhas de celular. Logo após, voltamos pro hostel e pegamos o traslado para o evento, que começou as 11hs.

Que lugar incrível! Enorme, lindo! Tivemos por lá:

  • uma exposição com Blythes colaborativas representando cada um dos estados do Brasil;
  • um cenário com uma caixa gigante de Blythe;
  • uma estátua viva do Carlos Drummond;
  • uma área reservada só para os lojistas;
  • e também a loja colaborativa.

Tivemos alguns concursos por lá! Dentre eles o traje da mascote, que eu fiz um modelinho, mas esqueci de fotografar 🙁 Teve a camiseta customizada e concurso de chapéu (além de outros que não participei).

Teve também muitos sorteios, mas não consegui ganhar nadinha por sorteio 🙁 A sorte não anda comigo já tem um tempo :/

Fotos

Não tenho muitas fotos do evento… por vários momentos esqueci que estava com minha câmera e tentei economizar na bateria do celular. 🙂 Mas dá para ver as fotos que publiquei lá no Flickr!

post feito por:

14/07/2015

Campinas foi fundada em 14/07/1774 e esse ano completa 241 anos.  Eu nasci aqui e apesar da desigualdade e corrupção espalhada por aqui, amo muito essa cidade 🙂 Já até dei 5 dicas sobre o que fazer por aqui! Já viram?

Navegando pelo Facebook, vi esse timelapse maravilhoso… e tive que compartilhar 🙂

post feito por:

18/05/2015

Evento acontece no dia 23 de maio no Hotel Noumi Plaza com a presença da vice-presidente da organização parceira Au Pair in America

Um evento para jovens interessadas em fazer o programa Au Pair nos Estados Unidos será realizado no próximo dia 23 de maio, às 10h, pela Experimento Intercâmbio Cultural Campinas. Em comemoração ao aniversário de 50 anos da Experimento, o encontro acontecerá no Hotel Noumi Plaza, com o objetivo de esclarecer dúvidas e promover a troca de ideias entre as candidatas inscritas e as que já fizeram o programa. A entrada é gratuita e aberta ao público.

O público participará de uma palestra com a presença exclusiva da presidente da Au Pair in America, Linda James, e a diretora Jean Quinn, que vão tirar dúvidas e explanar sobre as vantagens deste programa que é uma modalidade de intercâmbio ideal para mulheres entre 18 e 26 anos que tenham interesse em trabalhar no exterior e adentrar nesse universo.

Camila Sayuri, que terminou o programa em Junho de 2010, garante que foi a melhor escolha que fez. “Quando decidi fazer um intercâmbio, procurei todas as opções existentes, mas o programa de Au Pair simplesmente unia todas as coisas que eu queria: ir para os EUA, morar com uma família americana, trabalhar com crianças e o melhor, o valor era muito mais em conta do que todos os outros programas. A garantia de moradia e o salário semanal me chamou a atenção desde o início”, diz. Segundo ela, o processo foi fácil e teve todo o suporte da Experimento. “A vida de au pair foi uma vida maravilhosa, mas com muita responsabilidade e dedicação. Aprendi a me virar sozinha, morar em um país com uma cultura completamente diferente, me adaptar as regras de uma nova casa e ter a responsabilidade de cuidar de filhos de outras pessoas. Essa experiência me trouxe muito mais do que ser fluente no inglês, me tornou uma pessoa muito mais madura, responsável e aberta a qualquer tipo de raça, crença, idade e nacionalidade”, finaliza Camila.

Diferenciais do programa Au Pair da Experimento

A Experimento foi a primeira agência de intercâmbio a oferecer o programa de Au Pair no Brasil. Por esse motivo e também por sua credibilidade no mercado nacional e junto a órgãos internacionais, a empresa é associada exclusiva no País da Au Pair in America (APIA), organização pioneira que, em conjunto com o Departamento de Estado Americano, participou da regulamentação do programa nos EUA.

Essa parceria proporciona segurança para as jovens que irão se aventurar no exterior, fornecendo todo o tipo de suporte necessário. Além disso, a Experimento faz parte do IAPA – International Au Pair Association – entidade internacional criada para fiscalizar e regulamentar o programa. A seleção das famílias é feita de forma criteriosa garantindo assim uma alta taxa de satisfação das Au Pairs com o programa. Segundo pesquisas realizadas pela APIA, 97% das participantes considera o programa excelente.

Orientação e suporte durante o programa é o outro diferencial da Experimento. Logo no primeiro dia de programa, já nos Estados Unidos, as Au Pairs recebem treinamento especializado realizado por profissionais da APIA. O encontro acontece em um hotel e dura quatro dias. Na ocasião as meninas serão orientadas com relação à cultura do País, a como lidar com as crianças americanas e tirar o melhor proveito da viagem. Em seguida, as Au Pairs serão encaminhadas para as famílias. As participantes contam ainda com conselheiros locais que oferecem apoio integral e suporte 24 horas por dia na solução de qualquer eventualidade. Além disso, o seguro saúde incluso no programa da Experimento é mais abrangente e garante tranquilidade e segurança em caso de um problema de saúde.

Benefícios do programa

  • Remuneração de US$195,76 por semana;
  • Bolsa de Estudos de até US$500;
  • Férias remuneradas de 2 semanas;
  • Um dia e meio de folga por semana, sendo um fim de semana livre por mês;
  • Acomodação em casa de família em quarto privativo, com todas as refeições inclusas;
  • Orientação de quatro dias na chegado aos Estados Unidos;
  • Seguro Saúde;
  • Suporte 24 horas durante o programa;
  • Documento DS2019 para obtenção de visto.

Experimento comemora 50 anos

Fundada em 1964, a Experimento foi a primeira empresa a oferecer programas de intercâmbio cultural no País. Hoje a organização atua em todo o Brasil, por meio de 22 lojas. Sua missão é ser uma organização especializada em intercâmbio cultural, referência de alto padrão de qualidade em atendimento, equipe, serviços e produtos competitivos que promovem experiências internacionais de aprendizado, formação e crescimento pessoal e profissional para jovens e estudantes. A empresa é membro da Federation Experiment International Living, fundada em 1932, uma das pioneiras na concepção desse tipo de viagem e reconhecida como Organização Mensageira da Paz pelo secretário geral das Nações Unidas.

Sobre os palestrantes

Linda James

Marketing e Procurement professional, com 30 anos de experiência mundial nos setores das companhias aéreas, viagens e negócios de intercâmbio cultural. Linda tem mantido seu papel atual como Vice-Presidente Sênior de Au Pair nos Estados Unidos, uma divisão do Instituto Americano de Estudos das Relações Exteriores (AIFS), por 8 anos. Ela é responsável pelo recrutamento anual de 5000 + au pairs de 60 países em todo o mundo. Linda é apoiado por uma equipe de 14 funcionários e está baseado no escritório de Londres AIFS ‘onde ela se reporta ao seu presidente e fundador, Sir Cyril Taylor. AIFS é uma organização internacional que recrutou mais de 1 milhão de participantes em seus diversos programas de intercâmbio educacional e cultural desde que foi fundada em 1964. Antes de ingressar na AIFS, Linda teve uma carreira de sucesso, 21 anos com a British Airways (BA), durante os quais ela ocupou uma variedade de posições de gerência sênior, incluindo Chefe de Vendas Globais, Chefe de Aquisições Marketing e chefe da prática global Cargueiro Negócios da BA World Cargo. Durante sua carreira AIFS, e anteriormente com BA, Linda tem operado em ambientes multinacionais extensas cooperando com muitos parceiros no exterior, como Experimento Brasil para promover relações comerciais mutuamente benéficas. Durante uma breve pausa na carreira entre deixando BA e juntando AIFS, Linda passou seis meses como voluntário em execução uma ONG que apoia crianças de rua em Cusco, Peru. Linda é britânico e se formou pela Universidade de Coventry, Reino Unido com um BA Honours em Línguas Modernas e Estudos Europeus. Ela fala fluentemente francês e espanhol além de um pouco de alemão e italiano. Passatempos de Linda incluem todos os esportes, viagens, fotografia e cinema.

Jean Quinn

Vice-presidente e vice-diretor, Au Pair nos Estados Unidos, Stamford CT. Mãe de três meninos ativos (10 anos de idade, e os gêmeos, de 7 anos), Jean foi com Au Pair nos Estados Unidos desde 1999, e antes disso trabalhou em outro programa de au pair. Sua função concentraram-se em todos os aspectos do programa de desenvolvimento – conselheiro da comunidade, o desenvolvimento curricular do programa, seleção, treinamento e gestão de operações. Jean começou a trabalhar no campo por causa da maneira como ele amarrados suas paixões carreira de Intercâmbio Cultural e Educação. Jean era um professor de escola primária em Nova York e em Londres. Ela é bacharel em Educação e mestrado em Educação Internacional. Ela gosta de acampar, viajar, tocar guitarra, e ser uma parte de suas funções da escola dos filhos sempre que possível. Como uma mãe que trabalha, Jean entende como tendo a creche certo para caber sua família significa tudo para fazer todos os pedaços de sua vida se encaixam! Jean e sua família atualmente hospedam Jessica, uma au pair do Brasil.

Noumi Plaza Hotel

Av. Júlio de Mesquita, 115 – Cambuí, Campinas – SP
9h30 – café da manhã
10 horas –  Palestra com Linda James, Jean Quinn e Camilla Sayuri
10h30 – Roteiro de Experiência do Programa Au Pair
12h30 – Encerramento

post feito por:

12/09/2013

Esse ano, o BlytheCon Brasil foi em Porto Alegre! E eu não podia perder a oportunidade de passear um pouco!

Fui pra PoA na quinta-feira (29/08) com minha mãe e irmã. Chegamos no Porto Alegre Eco Hostel ás 17hs mais ou menos. Eu super adorei o ambiente do Hostel e recomendo para quem quiser passear por lá sem gastar muito ^^ *A única reclamação seria pelo box do banheiro que é minúsculo e misto… mas blz! rs *

Saímos do Hostel e demos uma breve voltinha pelo Parque da Redenção… achei tudo tão lindo! Fizemos algumas fotos por lá.

Depois fomos jantar. Encontramos o Restaurante Beija-flor. Adorei! Comida muuuito boa e barata! Recomendo!! 😀 Depois de jantar voltamos para o Hostel para guardar energias pro dia seguinte…

Na sexta-feira, queríamos ir a Gramado. Mas pra variar, inventaram uma greve de ônibus bem na sexta…. kkkkk Não conseguíamos nem mesmo chamar um táxi, pois além do trânsito parado, todo mundo chamava táxi. Resolvemos então ir a pé até a rodoviária… e fomos! Andando e conhecendo a cidade. Achei tudo tão lindo! Me pareceu “São Paulo versão melhorada” 😀

Depois de 2h30 de viagem +/-, chegamos a Gramado. Que lugar lindo!!! <3 Fiquei apaixonada por toda arquitetura do local! Andamos muuuuito por lá. Uma loja mais encantadora que a outra. Fica até difícil saber o que comprar… rs Eu devo ter entrado em umas 4 ou 5 lojas de chocolates diferentes. Almoçamos no restaurante Hakone, um lugar super em conta! Acho que foi R$ 14,00 a vontade e com muuuitas opções de sobremesas #GordinhaModeOn 😛

Ainda em Gramado, encontramos com a Adriana, que veio de Santos para o BlytheCon e nos encontrou em Gramado ^^

No dia seguinte, dia de BlytheCon!! 😀 Antes de ir ao local do evento, passamos pela rua mais bonita do mundo, pena que estamos no Inverno ainda e as folhas das árvores estavam bem fraquinhas…. Mas mesmo assim é realmente muito bonita a rua <3

Depois partimos para o evento mais esperado de Dolls do ano <3 A casa de festas Merci é linda! Super aconchegante! Foi uma perfeita escolha da organização! Fomos recebidas por várias dolls penduradas em balões, uma mesa com doces incrível e tudo impecável! Teve vários sorteios da Rifa e outras brincadeiras mais durante o evento. Todas as mesas com vendas estavam lindas!! Vontade de sair gastando muuuito… rs mas me controlei ao máximo é só comprei uma cadeirinha e um sapatinho da Dri ^^

Eu amei conhecer Porto Alegre e pretendo voltar novamente para conhecer o restante turístico que eu não conheci nos poucos dias que fiquei por lá! 🙂 Vale muito a pena, pois tudo é lindo! Os guris e gurias são super atenciosos e te ajudam até mesmo quando não se pediu ajuda! 😀

post feito por:

28/08/2013

Monte Verde / MG

Fui pra Monte Verde/MG no final de semana e simplesmente amei!

Monte Verde é um distrito do município de Camanducaia, estado brasileiro de Minas Gerais. Tem acesso pela rodovia Fernão Dias distando da cidade de São Paulo cerca de 168 quilômetros, sendo 30 deles em estrada íngreme. Está a 1554 metros de altitude, com ótimas pousadas tem como característica principal a natureza e o frio na temporada de inverno. Seu clima é tropical de altitude, com características de clima subtropical devido ao seu relevo montanhoso (tropical de altitude Cwb), segundo a classificação do clima de Köppen, mesmo em baixa latitude: 22º51’47” sul, sua temperatura atinge valores negativos no inverno (mês de Julho). Seus verões são amenos e chuvosos e seus invernos são frios e pouco secos.

Wikipédia

Para quem gosta de paisagem com muuuito verde e frio, com certeza vai amar lá!

Toda a arquitetura da cidade foi criada por imigrantes europeus, então já imaginem muitas casinhas lindas por lá! <3 Simplesmente apaixonante!

Tem muitas lojas com roupas, artesanatos, doces, vinhos, queijos… Tem que ir preparado, porque a vontade de sair comprando tudo quanto é coisa é forte!! hehe

Lá também tem esquilos!! Gente como eles são fofinhos! *-* Vontade louca de dar uma de Felícia e sair agarrando o bichinho… kkkk 😀

Esquilo

Aproveitamos para fazer uma bela caminhada para subir na Pedra Redonda (um dos picos de Monte Verde, pertencente a Serra da Mantiqueira). A subida foi de 1.950m de altitude!! Tem quem ache fácil demais… na descrição estava como médio… mas eu achei bem difícil de aguentar… o porte físico aqui ainda não está lá aquelas coisas… kkkk

vista - pedra redonda

No post ilustro com algumas das fotos que tirei lá.

Super recomendo o passeio por lá!!

post feito por: