08/10/2014

Heartbreak

Recentemente fiz um post-desabafo sobre a situação atual em que me encontro, mas teve que ser excluído, pois a pessoa responsável por parte desse desabafo não gostou da exposição – que não tinha nome, foto e nenhum vínculo.

Em meio a um final de relacionamento, que na minha cabeça jamais deveria ter ocorrido (mas não vem ao caso os detalhes), mudança de trabalho e um futuro que estava planejado tendo que ser completamente refeito, me vejo sem ideias e vontades para com o blog 🙁 Toda a alegria que eu tinha em tentar fazer algo pelo blog, no momento, sumiu. Nada tem me dado prazer. Nem mesmo aquela barra de chocolate ou o pote de paçoquita cremosa, muito menos fotografias 🙁

Eu não sei quando volto com o blog, se vou manter as ideias que tinha antes… não sei. Estou esperando a vontade de fazer isso aqui acontecer voltar.

De vez em quando ainda publico algo no instagram, no twitter e meu chorume todo no meu perfil do Facebook.

Agradeço a quem se preocupou comigo nesses dias. Infelizmente ninguém pode me ajudar nisso. Vou ter que passar por isso sozinha e tentar voltar a viver linda e feliz de novo.

Vai passar, eu sei… mas a decepção dói muito e vai doer por um bom tempo </3

Volto quando tiver coragem novamente.

Beijos.

post feito por:

29/07/2014

Espaço visa encurtar a distância entre produtor e consumidor para quem quer, sem pressa, comer de forma saudável e vivenciar novas experiências a partir da alimentação.

Euzinha e Zezé - Proprietária da loja

Euzinha e Zezé – Proprietária da loja

O Empório Viver inaugurou hoje em Campinas, no bairro Cambuí, a primeira loja na região. O espaço visa promover uma vida saudável por meio da alimentação consciente. “O consumidor é quem faz as escolhas do que vai consumir, se ele conhece a procedência do produto e como é produzido, pode avaliar o quão natural é ou se tem excesso de corantes aditivos ou conservantes, com isso pode fazer boas opções para se manter saudável”, diz Zezé Ferri Viesi, idealizadora do projeto.

A loja conceito é voltada para tudo que diz respeito à alimentação natural e orgânica, sustentabilidade e meio ambiente. “Queremos envolver as pessoas em um novo estilo, de vida, cheio de experiências que irão mexer com a vida do cliente de maneira especial”, diz Zezé. O projeto contempla o conceito de ecogastronomia, que inclui a proposta da necessidade de defesa da biodiversidade, oferecendo produtos de qualidade e informando bem os consumidores que são os disseminadores da prática.

O consumidor poderá ter a certeza de que toda essa experiência faz bem para o meio ambiente, pois por meio do consumo consciente podemos contribuir positivamente com a mudança de toda a cadeia. O Empório Viver apoia o movimento slow food, que tem o objetivo de estimular os integrantes a saborear melhor os alimentos e ter o interesse em saber da sua origem e como o alimento chega ao prato. “Bom, limpo e justo e como nós acreditamos que deve ser o alimento. O alimento que comemos deve ter bom sabor; ser cultivado de maneira limpa, sem prejudicar nossa saúde, o meio ambiente e os animais; e os produtores devem receber o que é justo pelo seu trabalho”, afirma Zezé.

Mais que uma loja de produtos naturais e orgânicos, o Empório Viver é um espaço consciente em todas as ações relacionadas à marca, como por exemplo, suas embalagens e materiais de divulgação, feitas através do papel mais ecológico. Além disso, o atendimento exclusivo se direciona a necessidade do cliente, oferecendo diferentes possibilidades para cada compra, desde a escolha dos produtos, até informações sobre o preparo.

Novidades: Empório Café e Feira Orgânica

Dentro do espaço conceito o cliente poderá desfrutar também do cardápio do Empório Café, um ambiente agradável, onde os consumidores vão poder provar os ingredientes em forma de uma alimentação leve e saudável, além de vivenciar bons momentos, ler livros e compartilhar ideias. “Temos todo o cuidado de variar o cardápio semanalmente, além disso, em cada estação do ano trabalhamos com diferentes produtos e pratos, pois assim conseguimos utilizar frutas e verduras alinhados com o relógio biológico da natureza”, conta Carolina Ferri Viesi, nutricionista do Empório Viver. “Durante dois anos estudamos a parte de alimentação orgânica para trazer para o consumidor o que realmente é saudável”, completa a nutricionista.

Outra novidade é a Feira Orgânica que começará a funcionar a partir do mês de agosto. A feira terá alimentos orgânicos produzidos em sítios localizado na região. “Teremos verduras, legumes, queijos, ovos, quitutes e muito mais, além disso, incentivamos os clientes a estabelecer um contato direto com os produtores e a utilizar a nossa sacola retornável que todos ganham na primeira compra”, finaliza Carolina.

O que eu achei

Gente, eu amei esse lugar! Tem muuuuitos produtos lá que não encontramos com muita facilidade por ai! Tem produto para quem é diabético, alérgico a glúten, lactose etc. Dá só uma olhada na variedade dos produtos:

Para variar, eu não resisti e comprei algumas coisinhas para provar em casa <3 Olha só!

E esse mimo lindo, veio na minha sacola! <3 #muitoamor

Super amei e recomendo o lugar! Pretendo voltar mais vezes.

Empório Viver
Rua Doutor Sampaio Peixoto, 172 – Cambuí, Campinas.

post feito por:

15/05/2014

www.veggieho.com.br

www.veggieho.com.br

Codificação e fotos feitos por mim.

Olha que bacana o que acabou de chegar em Campinas/SP!

O Veggie Ho! é especializado em refeições delivery para veganos 🙂 Eu não sou vegana, mas provei cada um desses pratos, e olha, posso dizer que são uma delícia!!! <3

Fiquei muito feliz em poder participar do desenvolvimento do site e das fotos das refeições <3 Dá só uma olhadinha nessas delícias:

IMG_3698 IMG_3760 IMG_3777 IMG_3783 IMG_3785 IMG_3792 IMG_3799 IMG_3804 IMG_3807 IMG_3838

Tá esperando o que para encomendar o seu prato?? 🙂

post feito por:

21/05/2013

Falar sobre um assunto que deixa qualquer mulher neurótica, não é facil.
Mas é muito bom compartilhar e ajudar quem se encontra na mesma situação que a gente 🙂

Eu sou uma “gordinha” em recuperação.

antes-durante

Eu sei que olhando a data das fotos acima, da pra imaginar que eu já deveria ter alcançado o peso ideal. Mas não é fácil.

em-2003Vou contar pra vocês a minha história *senta que lá vem história*

Eu nasci gordinha, fui magrela na infância, no inicio da puberdade estava balofinha e com 15 anos (foto ao lado) estive na minha melhor forma. Tão boa que nem me preocupava em me pesar. Eu acho que estava com uns 55kgs na foto ao lado.

Era narcisista e AMAVA posar para fotos. Sempre com carão… ahuaha

Nessa época andava o dia todo de ônibus e a pé. As vezes ainda saia para andar de bicicleta. Me alimentava completamente errado, comendo fora de hora e apenas porcarias.

Com 18 anos tirei minha habilitação de motorista. Meio “forçada”, pois não fazia questão em aprender a dirigir… foi aí que inventei de pegar a moto do meu irmão e aprender mesmo. Pra que… não vivo sem moto até hoje! 😀 Mas o fato de andar de moto para cima e para baixo, fez com que eu diminuisse consideravelmente as atividades de andar a pé por ai. Meu trabalho também contribuiu e muito para o sedentarismo… Trabalho profissionalmente com web há 7 anos +/- e passar o dia todo sentada só fez com o que tivesse mais preguiça ainda durante o dia.

E aí, as coisas foram indo… indo… e quando dei por mim, estava pesando 84kgs! Relaxo total! 🙁

Eu demorei muito para conscientizar a minha cabeça que eu devia fazer alguma coisa para mudar. E olha, essa luta ainda é diária. Em Julho de 2012, eu resolvi seguir a dieta de South Beach. Li pela internet como ela funcionava e achei que talvez eu conseguisse começar a reeducar a minha alimentação através dessa dieta.

A primeira semana foi sofrível… não podia comer carboidratos e pra mim aquilo era fundamental. Quase pirei… hahaha No finalzinho dessa primeira semana, tive que “quebrar” a dieta por conta de um evento de trabalho onde o almoço era Subway e eu não tinha outra escolha (só podia escolher o tipo de carne do recheio). Apesar de não ter seguido a risca a dieta, ela foi fundamental para reeducar a minha cabeça.

Adaptei a dieta por conta própria, de acordo com os meus horários e com os alimentos do meu cotidiano. Fiz a regrinha básica, diminuí carboidratos ou troquei por integral, mais frutas, menos doces, comida de 3 em 3 horas. Em 5 meses eu já tinha eliminado 9 kilos apenas com dieta, sem passar fome ou morrer de vontade de algo. Diminui cerca de 5 números na calça jeans.

Comecei na academia em Outubro/2012. Logo eu que sempre disse odiar exercícios, em 2 meses estava ali, super motivada, indo todos os dias! Tive alguns problemas pessoais no final do ano e acabei saindo da academia.

Comecei Janeiro/2013 procurando uma academia nova que fosse com boa localização e de baixo custo. Em Fevereiro eu encontrei uma maravilhosa, a Vida & Saúde Fitness, que fica praticamente ao lado do meu trabalho. Perfeito para não ter desculpas e faltar.

Eu fui uma semana apenas, e logo no carnaval sofri um acidente de moto que acabou me afastando da academia 🙁 Quebrei o braço e fiquei 1 mês e 5 dias de gesso. Quando tirei o gesso, não conseguia mover o pulso.

Fiquei nessa saga de esperar o pulso melhorar para voltar para a academia. Dei uma ou outra “jacada” nesse tempo, mas consegui ao menos não engordar. Acho que a comunidade criada pela Marina Iris foi fundamental para ajudar a manter a cabeça no foco.

Semana passada peguei um gripe forte, com direito a enxaqueca e dor de garganta. Como essa semana fiquei melhor, eu finalmente voltei pra academia! \o/

Vamos torcer para que tudo caminhe conforme o planejado, e logo logo eu possa estar “desfilando” em um manequim menor! 😀

Eu quero saber a história de vocês também! 🙂 É fundamental um apoio nessas horas 😉

post feito por:

^