04/01/2019

Em maio, esse blog aqui completa 9 anos. Isso porque nem contei os 9 anos que vieram antes.

É surreal pensar em tudo que aconteceu nesses 18 anos na minha vida e que boa parte destas lembranças ficaram registradas na web graças à essa ferramenta. E imaginar o quanto o blog foi responsável por desenhar o caminho da minha vida ao longo desses anos todos.

O blog foi responsável pelo rumo da minha carreira. Sem ele, eu não teria descoberto como mexer com HTML, CSS, nem teria me interessado por design e fotografia. Sinceramente eu não sei o que estaria fazendo se o blog não tivesse entrado na minha vida e também não sei onde encontraria algumas das várias amizades que consegui através do blog.

São quase 2 anos em que eu tenho me mantido afastada do blog. Ficar este período sem blogar recorrente, depois de tantos anos e tendo esse espaço como meu diário virtual, deixou uma lacuna vazia.

Muitas coisas aconteceram no último ano, e por mais que eu sinta falta de voltar a blogar e falar de tudo aquilo que estou vivendo, acabo por ficar impedida de fazer o mesmo, pois agora não estou mais sozinha nisso e expor quem não quer ser exposto, acaba sendo uma tarefa muito dificil para quem é dessa vida.

Estou estudando meios para voltar a blogar, falando sobre assuntos que gosto, no tempo que gosto e sem pressão sobre exposição, mas ainda não sei exatamente como fazer isso.

Até o Facebook que foi o meu refúgio contra o tédio tem se tornado uma ferramenta bem “asquerosa”… tenho visto tanto lixo por lá que até desanima continuar com uma conta ali. Ainda me prendo em manter a conta por diversas amizades que tenho, mas está realmente complicado.

Estou vivendo uma nova fase da minha vida, totalmente diferente e em outro país. Estou no aguardo das coisas estabilizarem, eu conseguir me comunicar adequadamente em inglês e arrumar um trabalho também. Talvez, depois disso eu arrumo um tempo como hobbie para voltar a internet, blog e afins.

O post hoje é só um momento “desabafo”… mas assim que as coisas se ajeitarem, volto para tentar falar um pouco sobre essa mudança na minha vida. 🙂

post feito por:

Veja também:

28

09/07/2018

Eu me ausentei completamente do blog, eu sei, perdoem-me! Por conta do combo “faculdade + trabalho” estava bem dificil conciliar tudo, e no meio do ano passado, as coisas pioraram um pouco por aqui… tive a adição de um namorado na fila de coisas a cuidar <3

Isso dificultou muito para que eu conseguisse ter tempo disponível para cuidar do meu trabalho, das obrigações da faculdade, cuidados com a família, amigos e ainda ter tempo para mim. Esses ultimos duplicados com a “chegada” desse namorado.

Eu passei quase a vida toda dizendo que jamais me casaria com alguém… que poderia até ir morar junto, mas não casaria no papel e nem colocaria o sobrenome do conjuge. A gente fala tanta besteira na vida não? Mordi a lingua! hahaha

Me recordo quando, há algum tempo, uma pessoa me falou que não valia a pena ficar fazendo planos e planos esperando o momento ideal de se juntar com o amado. Momento este que poderia nunca chegar. Sempre temos algum impedimento, alguma desculpa, ou apenas a grana mesmo que não conseguimos juntar.

O casamento

O assunto de nos juntarmos, surgiu assim, do nada. Não houve um pedido formal e nem nada do tipo. O interesse era mútuo. Alguns dias depois, conversamos com as famílias, e todos super de acordo, em “coro” dizendo para nos casarmos logo. E assim foi feito! No dia do casamento do principe Harry, marcamos a nossa data, com uma chuva beeeeem forte caindo, indicando que seriamos MUITO FELIZES!

Não tive mais dúvidas! A data escolhida foi a primeira disponível, dia 08 de junho de 2018. Tinhamos menos de 3 semanas para organizar tudo.

E foi assim, bem simples, do jeitinho que eu imaginei. O casamento foi no cartório, simples e mega rápido e a festa no dia seguinte, na casa dos meus pais. E foi perfeito, pois todas as pessoas que mais amo puderam estar presentes.

(mais…)

post feito por: